• Santuário Santa Rita de Cássia
  • Notícias Gerais
     
     
    27.Mar - Dom Marcelo Pinto Carvalheira falece aos 88 anos

    Faleceu neste sábado, 25/03, aos 88 anos, o arcebispo emérito da Paraíba, dom Marcelo Pinto Carvalheira. Ele exerceu a vice-presidência da CNBB no período de 1998 a 2003.


    Segundo informações da Arquidiocese da Paraíba, o corpo de Dom Marcelo Pinto Carvalheira foi velado no domingo, dia 26, a partir das 10h, na Catedral da Sé em Olinda (PE). Depois, o corpo foi levado para a Catedral da Luz, em Guarabira (PB), onde aconteceu o velório.


    Hoje, dia 27/03, pela manhã, houve uma Missa em Guarabira, e logo após o corpo foi levado para João Pessoa (PB). O velório aconteceu na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, seguido por missa e sepultamento.


    Biografia


    Dom Marcelo entrou no Seminário Arquidiocesano de Olinda, em 1944. Em 1946, foi para a Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, onde cursou a Filosofia e a Teologia e se especializou em Teologia Dogmática.Ordenado padre no dia 28 de fevereiro de 1953, foi Professor de Teologia no Seminário de Olinda; Diretor Espiritual do Seminário; primeiro reitor do Seminário Regional do Nordeste Olinda; Assistente Eclesiástico da Ação Católica e Subsecretário do Regional Nordeste 2 da CNBB.


    Durante o regime militar no Brasil, defendeu os líderes católicos perseguidos, sendo ele mesmo preso e torturado.


    Foi nomeado bispo auxiliar da Paraíba, em 29 de outubro de 1975. Em 9 de novembro de 1981, foi transferido para a Diocese de Guarabira, na Paraíba. Em 29 de novembro de 1995 foi nomeado Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba, onde se tornou emérito em 2004.


    Fonte: A12

    Indique a um amigo
     
     
    Contato
  • Santuário Santa Rita de Cássia


    Rua Padre Dehon, 728 Hauer – Curitiba/PR
  • (41) 3276-2075 ou (41) 3278-6557
  • contato@santuariosantaritadecassia.com.br
  • instagram twitter
     
    Patrocinadores
     

    Copyright © 2019 Santuário Santa Rita de Cássia. Todos os direitos reservados.