• Santuário Santa Rita de Cássia
  • Notícias Gerais
     
     
    14.Abr - Celebração da misericórdia: Dom Vilar lava os pés de jovens reeducandos

    André Botelho - Assessoria de Comunicação da Diocese de São José do Rio Preto


    “...Levantou-se da mesa, tirou o manto, pegou uma toalha e amarrou-a na cintura. Derramou água numa bacia e começou a lavar os pés dos discípulos” (Jo 13, 4 – 5). A “atualização” desse gesto de Jesus, sempre recordado na Quinta-feira Santa, encontrou vez na pessoa do bispo diocesano de São José do Rio Preto/SP, Dom Antonio Emidio Vilar, sdb. Os discípulos, na presente ocasião, foram os adolescentes infratores em processo de reeducação nas unidades da Fundação Casa em Mirassol/SP e na cidade sede da Diocese disposta no Noroeste Paulista.


    A Pastoral do Menor, que mantém trabalhos sistematizados com as populações mais vulneráveis e, em especial, com aqueles que estão sob medidas restritivas, organizou a celebração do Lava-pés no contexto da Semana Santa. O coordenador do grupo, Mário de Oliveira, e o assessor eclesiástico da Equipe, padre Antônio Valdecir Dezidério, acompanharam o bispo e os demais voluntários presentes no encontro. Nas duas unidades, autoridades dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário estiveram presentes.



    Partilha


    Salesiano de Dom Bosco, Dom Vilar tem especial predileção pela juventude. O religioso disse acreditar, assim como seu “pai espiritual”, que “em todo jovem existe um ponto acessível ao bem. O primeiro dever do educador é descobrir este ponto, esta corda sensível do coração, e aproveitá-la”. De fato, a Pastoral do Menor atuou, nas últimas semanas, para alcançar esse “ponto acessível”: desse trabalho surgiram cantores, leitores e os jovens que tiveram seus pés lavados e beijados (esses, representando todo o grupo que, em São José do Rio Preto totaliza 48 internos).


    Indicando a importância de cuidar das pequenas coisas para garantir a colheita de bens maiores, Dom Vilar sublinhou que Jesus não veio para a violência. “Ele veio manso e humilde para reunir aqueles que estavam dispersos pelo pecado”, disse o religioso. “O que significa lavar os pés? Servir o outro com humildade”, completou o epíscopo.


    Em outro trecho da fala dirigida aos adolescentes, o bispo de São José do Rio Preto garantiu que é na Cruz que Jesus mostra que é o Deus do amor. “Nós celebramos a Páscoa; a vitória do Cristo que venceu a morte. Todos podemos mudar. Que vocês sejam felizes em novos projetos de vida”, concluiu Dom Vilar.



    Dados


    Segundo o Boletim Estatístico Diário da Fundação Casa, posição em 1 de abril de 2022 (10h15), 2197 adolescentes (46,64% do total) cumprem medidas por atos infracionais ligados ao tráfico de drogas. 1591 (33,77%) sofrem sanções pela prática de roubo qualificado. Na terceira posição da estatística está o roubo simples (169 adolescentes ou 3,59% do total).


    Meninos (95,88% dos adolescentes em atendimento), na faixa etária dos 17 anos (1640 casos) e que se declaram pardo (57,31% do total) constituem o “rosto” predominante na Fundação Casa. Do geral, a maioria está no Ciclo II do Ensino Fundamental (2204).



    Conversão


    Queremos agora, Senhor, rezar por todos aqueles que foram vítimas de nossas atitudes erradas, para que não se deixem levar pelo espírito de “pagar o mal com o mal”, mas que no espírito do seu amor nos perdoem para sermos, juntos, construtores da paz e da fraternidade”, suplicou um dos jovens durante as Preces da Assembleia. “A humildade é construtiva. É o caminho. A todos vocês, tenham certeza que torcemos e rezamos para que deixem aquilo que ficou para trás e encarem a vida de cabeça erguida”, destacou o Juiz da Infância e Juventude de São José do Rio Preto, Evandro Pelarin (que igualmente acompanhou a Celebração e conduziu o bispo para conhecer a estrutura da Unidade). 



    Compromisso


    A Pastoral do Menor é um serviço da Igreja do Brasil junto às crianças e adolescentes empobrecidos. Ela teve suas origens no ano de 1977. Dessa atuação brota a misericórdia de Deus ao passo que os jovens reeducandos se colocam, em coro, para cantar: “é grande o nosso pecado, porém é maior o Teu coração”.


    FOTOS: André Botelho


    Fonte: Vatican News

    Indique a um amigo
     
     
    Contato
  • Santuário Santa Rita de Cássia


    Rua Padre Dehon, 728 Hauer – Curitiba/PR
  • (41) 3276-2075; (41) 3278-6557 ou (41) 98778-1840
  • santuariodasrosasctba@hotmail.com
  • instagram twitter
     
    Patrocinadores
     

    Copyright © 2022 Santuário Santa Rita de Cássia. Todos os direitos reservados.