• Santuário Santa Rita de Cássia
  • Notícias Gerais
     
     
    04.Mar - JMJ 2023: todos juntos a viver esta peregrinação dos símbolos

    Rui Saraiva – Portugal


    A peregrinação dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) continua em Portugal levando esperança e alegria às dioceses.


    A presença da cruz peregrina e do ícone mariano tem sido um acontecimento de grande intensidade espiritual e de especial importância para o país.


    Em Portalegre-Castelo Branco, diocese que acolhe a peregrinação dos símbolos até dia 5 de março, tudo tem sido “vivido com muito entusiasmo” – como revela em entrevista à Agência Ecclesia, Vanessa Alves, responsável pela comunicação do Comité Organizador Diocesano de Portalegre-Castelo Branco.


    “Vivemos tudo com muito entusiasmo, somos uma diocese muito dispersa e é difícil os jovens juntarem-se para alguma coisa, mas neste momento estamos todos juntos a viver esta peregrinação dos símbolos” – afirma.


    Vanessa Alves refere que são cada vez mais as pessoas que seguem a JMJ e revela que o seu sonho seria que todas as pessoas, “em todos os cantos da diocese conhecessem as jornadas”.


    Segundo Vanessa Alves, o Comité Organizador Diocesano da JMJ de Portalegre-Castelo Branco pensa que “não devem ser as pessoas a deslocar-se até aos símbolos, mas devem ser os símbolos a deslocarem-se até às pessoas nos seus diversos contextos”.


    Neste particular, a cruz e o ícone de Nossa Senhora já estiveram num hospital, lares de idosos, escolas e até já se celebrou uma Eucaristia no “parque de estacionamento de um hipermercado”.


    “Foi muito bonito ver a reação das pessoas, primeiro com ar de admiração e depois a irem deixar as compras no carro e celebrarem a Eucaristia com os presentes” – diz Vanessa Alves à Agência Ecclesia.


    Em fevereiro foi a diocese de Portalegre-Castelo Branco e a partir de sábado, 5 de março, será a diocese da Guarda a acolher os símbolos da Jornada Mundial da Juventude.


    A entrega da cruz e do ícone terá lugar na Catedral de Castelo Branco. “Na cidade da Guarda, o programa começa às 15 horas, com um cortejo entre o Paço da Cultura e a Igreja da Misericórdia e a partir dali para a Praça Velha” – informa a Agência Ecclesia.


    Haverá uma “festa do acolhimento, com juventude de todos os pontos da diocese da Guarda” onde decorrerá um concerto de inspiração cristã.


    Nesse mesmo dia 5 de março haverá uma Eucaristia na Catedral da Guarda e uma vigília de oração durante a noite. Os símbolos passarão pelos seguintes arciprestados: Pinhel/Figueira de Castelo Rodrigo, Almeida/Sabugal, Fundão/Penamacor, Covilhã/Belmonte, Seia/Gouveia, Celorico/Trancoso e Guarda/Manteigas.


    Os símbolos da JMJ percorrerão a diocese da Guarda até ao dia 3 de abril. A JMJ vai decorrer em Lisboa, entre os dias 1 e 6 de agosto de 2023.


    A Rádio Vaticano e o Vatican News continuam a acompanhar cada vez com maior intensidade a preparação da Jornada Mundial da Juventude que decorrerá em Lisboa em 2023.


    Laudetur Iesus Christus


    Fonte: Vatican News

    Indique a um amigo
     
     
    Contato
  • Santuário Santa Rita de Cássia


    Rua Padre Dehon, 728 Hauer – Curitiba/PR
  • (41) 3276-2075; (41) 3278-6557 ou (41) 98778-1840
  • santuariodasrosasctba@hotmail.com
  • instagram twitter
     
    Patrocinadores
     

    Copyright © 2022 Santuário Santa Rita de Cássia. Todos os direitos reservados.